3 ideias para motion design no after effects

in Brain Food on August 14, 2019

Se você deseja se destacar no mercado como motion designer, estar em constante evolução é um pré-requisito fundamental. Por isso, é sempre importante investir em formação, no aprendizado de novas técnicas e no domínio dos softwares.

Mas nem só de estudo é feita a sua carreira em motion design. Apesar de compreender muitas técnicas, como em qualquer segmento artístico, há um outro elemento que é fundamental para suas peças de motion design brilharem, a inspiração!

Por isso, criamos este artigo para você. Aqui, utilizaremos como base um dos softwares mais versáteis e completos para o motion design, o After Effects, para te mostrar algumas ideias que você pode facilmente incorporar nos seus próximos projetos.

Gostou? Então, continue lendo para ver 3 ideias para motion design no After Effects!

1- Efeito Glitch

O efeito de distorção de Glitch traz um visual retrô para qualquer projeto, podendo ser um recurso poderoso para chamar a atenção a determinados elementos ou determinadas passagens do vídeo. Com o efeito Glitch, você cria imagens em off-raster ou pixelizadas, que criam uma dinâmica visual impactante.

O efeito lembra ligeiramente uma falha, mas pode dar um aspecto futurista se for utilizado de maneira controlada. Por isso, pode ser empregado em projetos de identidade de marca, moda, cultura etc.

Zajno Showreel por Igor Pavlinski

Este efeito pode ser obtido no After Effects pela manipulação dos canais de cores, transparências e alinhamento entre os elementos. Se você tiver dificuldades para criar o seu do zero, uma boa pedida é procurar um template!

2- Misture 2D com 3D

A versatilidade do 3D abre oportunidades criativas, que de outra maneira seriam praticamente impossíveis de alcançar. Por isso, este é um recurso valioso em todos os setores e para todo tipo de projeto, desde as produções de pequeno porte àquelas com grandes orçamentos, além de comerciais, campanhas de marketing e proeminentemente no design de jogos.

E uma ideia que te abre ainda mais possibilidades estéticas, é explorar maneiras de misturar elementos 2D com a animação 3D e também gráficos. Utilizar estes recursos em conjunto, permite a obtenção de um visual mais estilizado e complexo.

Space Buddies por Tony Babel

Assim, misturar 2D com 3D, leva à criação de uma variedade de experiências novas e atraentes para o espectador. Para fazer isso no After Effects, utilize a sua criatividade e seus conhecimentos de design para selecionar quais elementos terão cada dimensão. Isso vai te propiciar destaque e hierarquizar visualmente as informações.

3- Liquefaça os elementos!

Criar movimentos líquidos, pela transformação de elementos em formas orgânicas que lembram água ou emulsões, dá dinamismo e cria interesse na peça. Com a popularidade do slime, o efeito pode ser utilizado para todo tipo de projeto, principalmente os de pegada mais jovem. Aqueles voltados para o meio ambiente ou produtos líquidos também podem se beneficiar da técnica.

Tanakan promo video por YaroFlasher

O After Effects permite transições fluidas e suaves entre cenas, elementos e imagens. As técnicas para atingir este resultado são um pouco mais trabalhosas, mas garantem um resultado incrível.

Se você está com um deadline apertado ou quer simplesmente aumentar a sua produtividade, usar um template pode ser a solução, não só para este, mas para outros efeitos. Confira os templates de Motion da PixelHopp!


Share Your Valuable Opinions